quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Combustível

(Pedro Paulo Marra)

(Foto: divulgação)

Meu maior desespero.
Meu maior medo.
É não te ver mais sorrir.
Mas, ainda lhe tenho.
Guardo até hoje suas gargalhadas em segredo.
E o que me faz existir,
é ver os movimentos da sua boca.
Que não desdenho.

Só beijo.

Produção: 18 de janeiro de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário